top of page

Cantor Marcio Amaro .

Márcio Amaro Natural da Camacha, ilha da Madeira. Desde criança que tem o gosto e a paixão pela música. Começou a trabalhar cedo, fruto da perda precoce do seu pai, aos 8 anos, e a música foi sempre a sua companhia.

.A necessidade de trabalhar cedo não o fez desistir dos estudos. Meio-dia era para trabalhar e o outro meio era para a escola. Lá na escola era dinamizador das atividades

extracurriculares, organizava eventos, concertos, teatro, etc. Foi aí que cantou pela primeira vez para um público, a sua comunidade escolar. Aos 14 anos integra pela primeira vez um grupo cultural, O Grupo Coral da Casa do Povo da Camacha. Segue-se o Grupo de Danças e depois o Grupo de Teatro. O Teatro faz-lhe sonhar ser ator. Daí várias formações, quer na Madeira, quer em Lisboa, aumentando ainda mais o seu sonho.


Entretanto, a música não ficou de parte, concorre ao Funchal a Cantar, vencendo mesmo uma eliminatória, apresentando-se na grande final. Termina o secundário e torna-se animador de vários espaços noturnos da região. Stand up comedy, karaoke, pequenos arraiais, entre outros. O Teatro era algo não muito bem visto pela comunidade, não era profissão para ninguém! Mesmo assim, não era isso que o Márcio pensava, e concorre ao primeiro curso profissional de teatro e interpretação, entrando mesmo com boa nota, vindo depois a concluir o curso de 3 anos, com distinção. Não foi, porém, com o teatro que segui a sua vida, os fracos apoios a esta atividade cultural, fizeram-no enveredar pelo mundo da música. Vem a primeira internacionalização, no Reino Unido, onde caiu em graça, abrindo-lhe as portas para uma serie inimaginável de presenças em eventos nas comunidades, um pouco por todo o mundo da musica .


Vem a primeira internacionalização, no Reino Unido, onde caiu em graça, abrindo-lhe as portas para uma serie inimaginável de presenças em eventos nas comunidades, um pouco por todo o mundo. Pelo meio, fez parte de uma Banda de arraiais, Nova Onda, onde fez bons amigos e companheiros, alguns deles, atuais membros da sua Banda. De lamentar, a morte do seu colega, amigo e pianista, Dinarte Freitas. Partiu sem explicação ao 27 anos.


Aos 27 anos, mas de Márcio Amaro, sem nunca ter sonhado com isso, torna-se assessor político no Parlamento Regional, onde permaneceu cerca de 9 anos, deixando a música um pouco de parte. Depois desta aventura, decide agarrar-se por completo à sua grande paixão e nunca mais a abandonou. Surge o seu primeiro projeto de originais em 2017. Conta já com dois, "A Primeira Vez" e "Batom".



Márcio Amaro escreve e compões os seus próprios temas. Nos últimos dois anos tem apostado no lançamento de singles como "Por do Sol", "Um Lugar Para Nós", “Por Esta Estrada”, temas esses produzidos por Ménito Ramos, conhecido cantor/produtor nacional. Fez contrato com a Editora Espacial em 2019 e desde então tem levado a sua música às Tv’s nacionais, como a RTP, TVI e SIC É conhecido também internacionalmente, principalmente junto das comunidades portuguesas. Já cantou diversas vezes em Venezuela, Austrália, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, França, Suíça, Inglaterra e, claro, Portugal Continental e Ilhas. A pandemia obrigou-o a fazer ajustamentos e não havendo Espetáculos lá fora, é através dos Lives que tem se aproximado do seu público. Desde o primeiro confinamento, já apresentou 16 novos temas originais. Refira-se ainda que Márcio Amaro foi nomeado em 2 categorias para os Prémios internacionais da Música Portuguesa, sendo um dos 4 melhores num universo de centenas de artistas.


Alcançou o segundo lugar no The North International Music Competition, prémio para a Interpretação vocal “Amor de Sempre”.


165 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

TEATRO

bottom of page