top of page

Asmarany Hasnah

Atualizado: 12 de fev.

Nascida em Belém do Pará em 19 de julho de 1978, Asmarany Hasnah, renomada bailarina internacional, professora, coreógrafa e empresária, partiu para o Japão aos 16 anos. Aos 27, iniciou seus estudos de dança do ventre com Patricia Frassi, discípula de Shahrazad Shahid Sharkey, pioneira da dança oriental árabe no Brasil. Seu aprendizado incluiu renomados professores como Randa Kamel, Tito Seif, Sadie, Camélia Mourad, Alla Kushnir, e, atualmente, sob a mentoria de Soraia Zaied.











Profissionalizada, Asmarany ministrou aulas em diversas províncias japonesas, realizou shows e workshops no Japão, Itália e, agora, no Brasil. Em Chipre, na cidade de Limassol, destacou-se no Oriental Dreams, festival internacional organizado por Natalia Amira Kuzmina, conquistando o primeiro lugar na categoria Tribal Fusion. Seu grupo, Orion Belly Dance Ensemble, continua ativo sob a liderança de sua aluna mais antiga, Suhayla, mesmo após seu retorno ao Brasil.


Após 5 anos no Brasil, Asmarany deixou sua marca como proprietária do Studio Asmarany Hasnah, situado em Santo André, onde ministra aulas particulares presenciais e online. Além de apresentações em restaurantes árabes e eventos em São Paulo, lançou o projeto "Bailarina que Pensa Fora da Caixinha," incentivando a criatividade e o desenvolvimento de estilos únicos nas bailarinas.





Em 2024, Asmarany apresentará o programa "Mulheres que Dançam" na TV Humana, dirigido por Francisco de Assis. A proposta do programa é explorar histórias de mulheres que experimentaram transformações significativas em suas vidas por meio da dança do ventre, oferecendo valiosas dicas para iniciantes. Adicionalmente, ela pretende ampliar sua influência internacional, conduzindo workshops em diversos países, com o propósito de compartilhar conhecimento e incentivar uma melhoria na qualidade de vida por meio da prática da dança do ventre.













Apaixonada pela dança desde os oito anos, Asmarany destaca a dança do ventre como viciante e benéfica para corpo e mente, melhorando postura, coordenação motora, resgatando feminilidade, tonificando músculos, ativando o cérebro, melhorando a flexibilidade e elevando a autoestima.





Na dança do ventre, corpo e alma se entrelaçam, Numa sinfonia de movimentos que encantam. Dançarinas em sintonia, uma só harmonia, Como o vento que nos leva para além da fantasia.


A sedução é um véu que paira no ar, Enquanto a dança contagia, é impossível não se deixar levar. A beleza da mulher, como flor que desabrocha, Na dança do ventre, sua essência se aloja.




A música, suave sinfonia dos desejos, Em cada nota, o sonho alcança seus ensejos. A coreografia é a tela onde o sonho se pinta, E na dança, a realidade e o sonho se tinta.

Assim, o corpo dança, mas a mente também, Numa fusão de sonhos, como um doce refém. Na magia dos passos, a realidade se desfaz, E o palco da dança é onde a beleza jaz.

Nesse universo encantado, onde tudo é singelo, A dança é o lugar onde todo sonho é belo.









 

Assim, na magia dessa dança encantadora, Os ventos sensuais suavizam, a mulher se revela senhora. Na cadência dos movimentos, na poesia do bailar, A dança do ventre transcende, eternamente a encantar.






A sedução é um véu que paira no ar, Enquanto a dança contagia, é impossível não se deixar levar. A beleza da mulher, como flor que desabrocha, Na dança do ventre, sua essência se aloja.









Na dança, onde todo sonho se torna belo, Passos transformam-se em asas, voando ao céu. A mente dança junto, num transe encantado, E a beleza dos sonhos é pelo corpo revelado.

Cada movimento é um elo com o imaginário, No palco da vida, um espetáculo extraordinário. A dança transcende, tornando real o abstrato, Onde sonhos florescem, como um jardim exato.



Poesia de Rosângela Herbert.


A música, suave sinfonia dos desejos, Em cada nota, o sonho alcança seus ensejos. A coreografia é a tela onde o sonho se pinta, E na dança, a realidade e o sonho se tinta.

Assim, o corpo dança, mas a mente também, Numa fusão de sonhos, como um doce refém. Na magia dos passos, a realidade se desfaz, E o palco da dança é onde a beleza jaz.

Nesse universo encantado, onde tudo é singelo, A dança é o lugar onde todo sonho é belo.






















  • Instagram: @asmaranyhasnah

  • Tiktok: @asmaranyhasnah

  • WhatsApp: +55 (11) 94465-4818

  • Facebook: Asmarany Hasnah




204 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page